8 de out de 2016

MNU NA CAMPANHA CONTRA O CANCER DE MAMA



A importância de chamar a atenção de todas as nossas militantes para a Campanha do Outubro Rosa vai muito além dos anúncios e comemorações que vemos acontecerem pelo Brasil. Temos o papel de reconstruir e ressignificar essas campanhas que não nos reconhecem como parte de uma sociedade que estamos permanentemente vitalizando. Somos nós, mulheres negras, as molas propulsoras deste país. Mas, tem sido nossa a maior parcela de sofrimento e energia despendida em busca de mudanças e reparações.
Por mais que eu, pessoalmente, anônima e totalmente perseguidora de ideais solitários seja contra usar o tons azul e rosa para se referirem as campanhas para homens e mulheres, por representarem uma reprodução dos estereótipos de gêneros que tanto lutamos para desconstruir, não há como deixar passar batida uma campanha que muda as cores dos monumentos históricos e de diversos prédios no brasil e no mundo para lembrar as mulheres que devem fazer exames periódicos.
Sonhei no  começo com mudanças de cores, minimamente pelo menos com azul para mulheres e rosa para os homens... Chamaria mais a atenção.
Mas, não rolou.
Ninguém quer saber de um esforço tão grande. Nem as feministas.
Só se fala nisto muito de vez em quando...
Então vou seguindo o fluxo e falando do Outubro Rosa mesmo...mas, no meu o Preto também será uma das cores lembradas, pois continuamos sendo o grupo mais excluido das imagens promocionais de divulgação da campanha contra o cancer de mama.
É sempre nossa a responsabilidade por divulgar em nosso próprio segmento.
Separamos uns links de leitura obrigatória para entendemos mais sobre como somos as maiores vítimas de mais essa luta desigual.

Somos o MNU e se os indicadores são conta nós, precisamos REAGIR.

Você também poderá aderir colocando a foto em seu perfil no face ou no twitter:
http://twibbon.com/support/mnu-contra-o-cancer-de-mama

Então VEM!
VEM PRA LUTA!

Links indicados:

http://blogueirasnegras.org/2014/10/07/outubro-rosa-falar-de-cancer-de-mama-tambem-e-falar-de-racismo/

http://www.ptnacamara.org.br/index.php/inicio/noticias-gerais/item/29200-outubro-rosa-benedita-alerta-que-letalidade-por-cancer-de-mama-em-negras-e-maior-e-pede-acao-com-recorte-racial

http://www.geledes.org.br/outubro-rosa-para-todas-acesso-desigual-entre-mulheres-negras-e-brancas-aos-exames-de-mama/#gs.D8o0hMo

http://institutoodara.org.br/outubro-rosa-para-todas-acesso-desigual-entre-mulheres-negras-e-brancas-aos-exames-de-mama-2/

Por Margareth Ferreira
Coordenadora de Comunicação do MNU/RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário